quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Escuta...



Meu bem, eu não tenho culpa da tua queda e dos teus medos. Precisamente, destes medos banais que quebrantam tua alma, esta espécie de pavor mórbido de não ser aceito, de ser menosprezado, depois de tanto ter sido amado.
Sim, apesar deste charme irresistível e dos cabelos negros caídos sobre a face, tu não aceitas ser menos adorado que os outros. Mas exatamente isto faz de ti tão peculiar e ousado entre tantos. Teu jeito de entorpecer-me, calado e ameno. Tuas palavras ora ríspidas ora serenas e este olhar de quem pode tudo sobre o mundo. Já escrevi-te tanto e tão brutalmente nos muros, nas pedras, na carne... Gravei na pele e não arrependo-me, tu és meu primor e isto basta.
Devo dizer-te que tenho sido impiedosa, alguns outros já mexeram com meu coração, porém ele nunca foi menos teu. Meu coração, cortante, amordaçado... sempre foi teu e pronto!
Minh'alma, meu todo ser, inteiro quente ou frio, no escuro das noites ou na ávida luz das manhãs, buscam sempre teus passos, tuas estradas sinuosas e, vez ou outra, tuas culpas, teus anseios, teus pecados...
Por bem dizer, procuro-te em todos e tantos lugares...
Deus sabe o quanto e eternamente vago em busca de outro sorriso como o teu, de outras mãos lindas e planas, com uma linha da vida tão marcarda...
Tua linha da vida corta a minha do coração e vice-versa, num instintivo jogo de afeto e paixão...
Paixão mortal que rebenta vales...
Tenho dito e marcado o tempo da calmaria. Não durará.
Momento de voltar pros braços teus e meus dias terminam em guerra. Mas desta guerra excitantemente consubstancial tenho me afeiçoado grandemente e não sei mais viver sem ela.
Ah! Tu és tudo e talvez disto eu tenha fugido ferozmente. Fugi sempre e sem alcançar êxitos. Teus lábios e tua voz límpida me desumanizam. Me torno prêsa, crua... Num desejo atroz de ser devorada lentamente.
E nestes momentos de distância é que imagino teu corpo jogado sobre a cama, amarrotando meus lençóis brancos. Odeio tua bagunça organizada, odeio teu grito de desespero, tua farsa tão bem arquitetada e a ironia certeira. Odeio amar-te tanto e perder-me neste Amor insano. Mas anseio continuar. Continuar é meu fôlego. Bebo as vezes de teu ventre, tuas costas marcadas, a lombar tão bem desenhada. Que perdição, Deus meu! E minha boca corre solta, os dedos entre as coxas. Amo-te com louvor e com uma dor miserável. É chaga aberta... Um mal que não pode ser menos desejado.
Amo-te e isto aquieta-me. Não consigo desejar-te um pouco sequer. É sempre muito, intenso e voraz.
Tenho medo. Tanto medo de perder-te para sempre...
Ousada e louca em, mais uma vez, indagar-te: sou tua, sou tua e que queres mais?
Não espero resposta que encha a alma. Ouvir tua voz cortando meu corpo, glorifica-me já.
- Sim, sou tua até o último momento!
Apolo que tu és. Meu prazer e meu tormento derradeiro.
E meu Amor, escravizante e silencioso...
- Sou tua. Faz de mim o que quiseres...
E, de repente, teu ar triste, ao soprar entre os espectros que circundam-nos, responde-me, debochadamente:
-Também sou teu e teu somente!
Tu és, inteira e simplesmente, TUDO!

Ana Beatriz Figueiredo Mota Soares Resena

8 comentários:

  1. Ana não tenho o que dizer, seu talento é digno do seu coração.

    ResponderExcluir
  2. Perfeito! vc é muito iluminada Bia! Deus escolheu talentos, dons e qualidades a dedo só pra vc. Parabéns e que o Senhor seja o centro desse amor. Felicidades... bjoooo

    ResponderExcluir
  3. Rodrigo ---> te AMO! Demais!
    ----------------------------
    Eline---> Deus ilumine teu caminho, linda!

    ResponderExcluir
  4. Bia, a apreciação de um bom texto faz bem a alma. E nas tuas palavras lindas, loucas, desvairadas, percebemos o tamanho do ser que tu és. Tu és Bia, muito mais do que possas imaginar, o talento que Deus te deu é Dom para RAROS.
    Do teu sempre amigo!
    Ernandes Guimarães

    ResponderExcluir
  5. Tenho amigos que valem o MUNDO! e mais que ele... e vc é um deles Nandoooo!!!

    ResponderExcluir
  6. Éééééééé!!!!!!Esse aí é o meu papai!!!!Eu sou uma pixa!!!!!!!Iuhuuuuuuuuuuuu!!!!!!!!!

    ResponderExcluir